1

Tu nos rejeitaste e nos dispersaste, ó Deus; tu derramaste a tua ira; restaura-nos agora!

2

Sacudiste a terra e abriste-lhe fendas; repara suas brechas, pois ameaça desmoronar-se.

3

Fizeste passar o teu povo por tempos difíceis; deste-nos um vinho estonteante.

4

Mas aos que te temem deste um sinal para que fugissem das flechas. Pausa

5

Salva-nos com a tua mão direita e responde-nos, para que sejam libertos aqueles a quem amas.

6

Do seu santuário Deus falou: "No meu triunfo dividirei Siquém e repartirei o vale de Sucote.

7

Gileade é minha, Manassés também; Efraim é o meu capacete, Judá é o meu cetro.

8

Moabe é a pia em que me lavo, em Edom atiro a minha sandália; sobre a Filístia dou meu brado de vitória! "

9

Quem me levará à cidade fortificada? Quem me guiará a Edom?

10

Não foste tu, ó Deus, que nos rejeitaste e deixaste de sair com os nossos exércitos?

11

Dá-nos ajuda contra os adversários, pois inútil é o socorro do homem.

12

Com Deus conquistaremos a vitória, e ele pisoteará os nossos adversários.