1

Depois disto olhei e vi uma porta aberta no céu, e a mesma voz que tinha ouvido antes, semelhante ao toque de uma trombeta, falou comigo e disse: Sobe aqui e eu te mostrarei o que há-de acontecer no futuro.

2

E logo me encontrei em espírito no céu e ali, diante dos meus olhos, deparei com um trono e alguém sentado sobre ele.

3

E jorravam cintilações daquele que estava sentado no trono, como de um diamante ou de um rubi, e um arco-íris fulgurante como uma esmeralda envolvia esse trono.

4

E outros vinte e quatro tronos estavam à volta do primeiro, e vinte e quatro anciãos se sentavam neles, todos vestidos de branco com coroas de ouro nas suas cabeças

5

E saíam relâmpagos e trovões do trono; misturados com eles ouviam-se vozes. Diante do trono estavam sete fachos acesos, que são os sete espíritos de Deus.

6

Na parte da frente do trono estendia-se um mar cuja superfície brilhava como cristal iante e à volta do trono havia quatro seres viventes, cheios de olhos à frente e atrás.

7

O primeiro desses seres tinha a forma de um leão; o segundo parecia um bezerro; o terceiro tinha o rosto de um homem; e o quarto a forma de uma águia, com as asas abertas como se estivesse a voar

8

E quando os seres viventes davam glória e honra e graças àquele que está sentado no trono e que vive para todo o sempre,

9

os vinte e quatro anciãos lançaram-se aos seus pés e o adoraram, esse cuja vida não tem limite de tempo, e lançaram as suas coroas diante do trono dizendo:

10

Tu, nosso Senhor e nosso Deus, és digno de receber glória, honra e poderporque criaste todas as coisas. É por tua vontade que elas existem.