1

Enquanto eu estava assim, prostrado no solo, diante do templo, chorando, orando e fazendo estas confissões, foi-se juntando à minha volta uma grande multidão de homens, mulheres e crianças que choravam comigo.

2

Então Secanias (o filho de Jeiel da família de Elão) disse-me: Reconhecemos o nosso pecado contra o nosso Deus porque casámos com mulheres pagãs. Mas ainda há esperança para Israel, apesar disto tudo.

3

Aceitamos diante do Senhor separar-nos das mulheres pagãs, e despedi-las com os nossos filhos; seguiremos o mandado do nosso Deus. Faça-se conforme as leis do Senhor.

4

Levanta-te, encoraja-te, e diz-nos como fazer para que este assunto fique resolvido rectamente; podes contar com toda a nossa obediência.

5

Levantei-me pois e pedi aos líderes dos sacerdotes e dos levitas, assim como a todo o povo de Israel, que prometesse fazer como Secanias tinha dito. Assim fizeram.

6

Seguidamente dirigi-me às dependências de Jeoanã (filho de Eliasibe) no templo; fiquei contudo sem beber nem comer porque estava muito acabrunhado por causa do pecado dos retornados do exílio.

7

Foi então feita uma proclamação em toda Jerusalém e Judá, convocando a população a vir a Jerusalém dentro de três dias, e anunciando que os anciãos e os chefes tinham decidido que alguém que recusasse apresentar-se teria as suas posses confiscadas e seria excluído da comunidade de Israel.

8

Nos três dias indicados, a cinco de Dezembro , todos os homens de Judá e de Benjamim se apresentaram e se sentaram no espaço livre que havia defronte do templo. Estavam todos temerosos por causa da seriedade do assunto e além disso preocupava-os as grandes chuvas.

9

Esdras, o sacerdote, levantou-se e falou-lhes assim: Vocês pecaram porque casaram com mulheres pagãs. Estamos agora ainda mais sob a condenação de Deus do que dantes.

10

Confessem os vossos pecados ao Senhor Deus dos vossos pais e façam o que vos pede: separem-se das gentes pagãs à nossa volta e dessas mulheres.

11

Toda a congregação disse em voz alta: Faremos como dizes. Contudo isso não é coisa que se faça num dia ou dois; somos muitos envolvidos nessa transgressão. Além disso está a chover de tal maneira que não poderemos ficar aqui muito mais tempo.

12

Que os nossos chefes nomeiem juízes. Quem está nessa situação de se ter ligado a uma mulher pagã, que venha apresentar-se, numa determinada data, acompanhado dos anciãos e dos juízes da sua cidade; cada caso será decidido da melhor maneira, e a ira do Senhor se afastará de nós.

13

Apenas Jónatas (filho de Asael), Jaséias (filho de Ticvá), Mesulão e Sabetai o levita não concordaram com essa forma de actuar.

14

Foi pois este o plano seguido: Alguns dos chefes dos clãs, mais eu próprio, fomos designados como juízes; começámos a trabalhar a 15 de Dezembro e acabámos a 15 de Março.

15

Dos filhos de Imer: Hanani e Zebadias.

16

Dos filhos de Harim: Maaséias, Elias, Semaías, Jeiel e Uzias.

17

Dos filhos de Pasur: Elioenai, Maaséias, Ismael, Netanel, Jozabade e Elasa.

18

Dos levitas, foram culpados os seguintes: Jozabade, Simei, Quelaías (também chamado Quelita), Petaías, Judá e Eliezer.

19

Dos cantores: Eliasibe. Dos porteiros: Salum, Telem e Uri.

20

Do clã de Elão: Matanias, Zacarias, Jeiel, Abdí, Jeremote e Elias.

21

Do clã de Zatú: Elioenai, Eliasibe, Matanias, Jeremote, Zabade e Aziza.

22

Do clã de Bebai: Jeoanã, Hananias, Zabai e Atlai.

23

Do clã de Bani: Mesulão, Maluque, Adaías, Jasube, Seal e Jeremote.

24

Do clã de Paate-Moabe: Adna, Quelai, Benaia, Maaséias, Matanias, Bezaleel, Binui e Manassés.

25

Do clã de Hasum: Matenai, Metatá, Zabade, Elifelete, Jeremai, Manassés e Simei.

26

Do clã de Nebo: Jiel, Matitias, Zabade, Zebina, Jadai, Joel e Benaia.

27

Cada um destes tinha-se ligado a mulheres gentias, e alguns tinham filhos dessas mulheres.