1

São estes os nomes e as genealogias dos chefes que me acompanharam desde Babilónia durante o reinado do rei Artaxerxes:

2

do clã de Itamar - Daniel o sub-clã de David, pertencente ao clã de Secanias - Hatús o clã de Parós - Zacarias, e cento e cinquenta outros homens o clã de Paate-Moabe - Elioenai (filho de Zeraías) e mais duzentos homens o clã de Secanias - (o filho de Jaaziel) e com ele trezentos homens o clã de Adim - Ebede (filho de Jónatas) e cinquenta homens o clã de Elão - Jesaías (filho de Atalias) e mais setenta homens o clã de Sefatias - Zebadias (filho de Micael) com oitenta homens o clã de Joabe - Obadias (filho de Jeiel) e duzentos e dezoito homens o clã de Bani - Selomite (filho de Josifias) e mais cento e sessenta homens; do clã de Bebai - Zacarias (filho de Bebai) e vinte e oito homens o clã de Azgade - Joanã (filho de Hacatã) e mais cento e dez homens o clã de Adonicão - Elifelete, Jeuel e Semaías, mais sessenta homens, que chegaram mais tarde o clã de Bigvai - Utai, Zacur e setenta outros homens.

3

Juntámo-nos na margem do rio Aava, e ficámos ali acampados três dias enquanto verificava as listas do povo e dos sacerdotes que iam chegando. Verifiquei assim que não havia nem um só levita que se tivesse apresentado voluntariamente.

4

Então mandei chamar Eliezer, Ariel, Semaías, Elnatã, Jaribe, Elnatã, Natã, Zacarias e Mesulão, líderes levitas; também mandei buscar Joiaribe e Elnatã, que eram sábios.

5

Enviei-os depois a Ido, líder dos judeus em Casifia, para lhe pedir, a ele, aos seus irmãos e aos funcionários do templo, que nos mandassem sacerdotes para o templo de Deus em Jerusalém.

6

E Deus foi bom para connosco! Mandou-nos um homem notável chamado Serebias mais os seus dezoito filhos e irmãos; trata-se de uma pessoa muito inteligente, descendente de Mali, filho de Levi e neto de Israel.

7

Deus também fez que se apresentasse Hasabias, e Jesaías (filho de Merari) com vinte dos seus familiares, filhos e irmãos; vieram também duzentos e vinte funcionários do templo. (Estes funcionários do templo eram assistentes dos levitas - tratava-se de uma categoria instituída pela primeira vez pelo rei David.) Todos estes duzentos e vinte homens foram devidamente registados pelos seus nomes.

8

Então proclamei um jejum enquanto ali estávamos, à beira do rio Aava, para nos humilharmos perante Deus; e orámos para que nos desse uma boa viagem e nos protegesse, assim como aos nossos filhos e bagagens, durante a deslocação, porque me envergonhei de pedir ao rei soldados a pé e a cavalo para nos acompanharem e nos protegerem dos inimigos durante o caminho. Ao fim e ao cabo tínhamos dito que o nosso Deus protege todos quantos o adoram e a desgraça só vem aos que o abandonam! Por isso jejuámos e implorámos Deus que cuidasse de nós. E ele assim fez.

9

Designei doze chefes de entre os sacerdotes - Serebias, Hasabias e dez outros sacerdotes - para se responsabilizarem pelo transporte da prata, do ouro, dos recipientes em ouro e dos outros objectos que o rei e o seu conselho mais os líderes do povo de Israel tinham oferecido para o templo de Deus.

10

Pesei o dinheiro quando lho entreguei e contei no total vinte toneladas de prata; avaliei também em três toneladas os vasos de prata e em outro tanto os de ouro. Havia também vinte taças de ouro que pesavam oito quilos. Entreguei-lhes igualmente duas belas taças de bronze, que eram tão preciosas com as de ouro.

11

Consagrei estes homens ao Senhor e depois consagrei os tesouros - o equipamento, o dinheiro e as taças que tinham sido oferecidas voluntariamente ao Senhor Deus dos nossos pais.

12

Vigiem bem sobre estes tesouros!, disse-lhes; terão de os apresentar sem a mínima perda aos sacerdotes e aos chefes dos levitas, assim como aos anciãos de Israel em Jerusalém, onde deverão ser colocados nos cofres do templo.

13

Os sacerdotes e os levitas aceitaram a responsabilidade daquele transporte até ao templo de Deus em Jerusalém.

14

Levantámos o acampamento de junto ao rio Aava no fim de Março e partimos para Jerusalém. Deus protegeu-nos e livrou-nos dos inimigos e dos bandidos durante todo o caminho, tendo chegado sãos e salvos a Jerusalém.

15

No quarto dia após a chegada, todo o ouro e a prata e os outros valores foram pesados no templo por Meremote (filho de Urias o sacerdote), por Eleazar (filho de Finéias), por Jozabade (filho de Jesua) e por Noadias (filho de Binuí) - todos eles levitas. Foi passado um recibo por cada coisa entregue, e anotado o peso do ouro e da prata.

16

Após isso toda a gente da nossa companhia ofereceu holocaustos ao Deus de Israel - doze bois por toda a nação de Israel, noventa e seis carneiros, setenta e sete cordeiros, doze bodes em sacrifício pelo pecado.

17

Os decretos reais foram entregues aos seus representantes na terra e aos governadores de todas as províncias a ocidente do rio Eufrates, os quais colaboraram, eles próprios, nos trabalhos de reconstrução do templo de Deus.