1

Até quando continuarão vocês a julgar sem justiça, e a considerar as pessoas segundo o que elas são na aparência?

2

Que os vossos juízes sejam em defesa dos órfãos, dos pobres; a favor dos aflitos e necessitados.

3

Livrem os miseráveis e os infelizes das mãos dos homens perversosque os oprimem.

4

Eu tenho-vos dito que vocês são como deuses, filhos do Deus que está acima de tudo.

5

Mas o facto é que perante a morte vocês são simples humanos, e hão-de morrer, tanto como os mais categorizados na sociedade.

6

Levanta-te, ó Deus, e julga a Terra, pois que te pertencem todos os povos.