1

No fim do sábado, ao alvorecer do primeiro dia da semana, Maria Madalena e a outra Maria foram ver o sepulcro.

2

Eis que tinha havido um grande terremoto; pois um anjo do Senhor descera do céu e, chegando-se ao sepulcro, removera a pedra, e sentara-se sobre ela.

3

A sua aparência era como um relâmpago, e a sua veste branca como a neve.

4

Os guardas, receiosos dele, tremeram e ficaram como mortos.

5

Mas o anjo disse às mulheres: Não temais vós; porque sei que procurais a Jesus, que foi crucificado.

6

Ele não está aqui, porque ressuscitou, como disse; vinde e vede o lugar onde ele jazia.

7

Ide depressa dizer a seus discípulos que ele ressuscitou dos mortos, e vai adiante de vós para a Galiléia; lá o vereis. Olhai que vo-lo tenho dito.

8

Elas deixaram apressadamente o túmulo, tomadas de medo e grande gozo, e foram correndo avisar os discípulos.

9

Eis que Jesus as encontrou e lhes disse: Salve! Elas aproximando-se, abraçaram-lhe os pés e adoraram-no.

10

Então lhes disse Jesus: Não temais; ide avisar a meus irmãos que se dirijam à Galiléia, e lá me hão de ver.

11

Enquanto elas iam, vieram à cidade alguns soldados da guarda, e contaram aos principais sacerdotes tudo o que havia sucedido.

12

Estes, reunidos com os anciãos, tendo consultado entre si, deram bastante dinheiro aos soldados,

13

recomendando-lhes que dissessem: Os seus discípulos vieram de noite e furtaram-no, enquanto nós dormíamos.

14

Se isto chegar aos ouvidos do governador, nós o persuadiremos, e vos livraremos de cuidado.

15

Os soldados receberam o dinheiro e fizeram como lhes haviam recomendado; e esta notícia se há divulgado entre os judeus até o dia de hoje.

16

Partiram os onze discípulos para a Galiléia, para o monte que Jesus lhes designara;

17

e vendo-o, adoraram-no, mas alguns tiveram suas dúvidas.

18

Jesus, aproximando-se, disse-lhes: Foi-me dado todo o poder no céu e na terra.

19

Ide, pois, e fazei discípulos de todas as nações, batizando-as em o nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo;

20

instruindo-as a observar todas as coisas que vos tenho mandado. Eis que eu estou convosco todos os dias até o fim do mundo.