1

Jeová, como se multiplicam os meus adversários! Muitos são os que se levantam contra mim.

2

Muitos são os que dizem de mim: Não há em Deus salvação para ele. (Selá)

3

Tu, porém, Jeová, és um escudo ao redor de mim, A minha glória, e o que exaltas a minha cabeça.

4

Com a minha voz clamo a Jeová, E ele do seu santo monte me responde. (Selá)

5

Eu me deitei e dormi; Acordei, porque Jeová me sustenta.

6

Não terei medo das miríades de gente, Que se puseram contra mim de todos os lados.

7

Levanta-te, Jeová; salva-me, Deus meu, Pois feriste no queixo todos os meus inimigos; Quebraste os dentes aos iníquos.

8

A Jeová pertence a salvação, Sobre o teu povo seja a tua bênção. (Selá)